sábado, 27 de março de 2010

Nossa Senhora do Desterro

Nossa Senhora do Desterro

Do livro "O Culto de Nossa Sra." do Pde. João Marques Lopes ( Publicado em 1942 )
Diz o livro: «A pouco metros da margem do rio Alva e a 3 Kms de São Romão, fica situado o Santuário de Nossa Senhora do Desterro. É tradição que, nestes sitíos, apareceram sucessivamente as imagens de Nossa Senhora, do menino Jesus e de S. José.

A tradição diz que Nossa Senhora apareceu no local onde hoje está a Capela do Senhor do Calvário e o menino Jesus onde hoje está a capelinha de Nossa Senhora das Dores, vulgarmente chamada capela do nicho.

Em 1650, logo após as aparições das Santas Imagens, erigiu-se a Ermida a que foi dado o nome de Nossa Senhora do Desterro. Não obstante ter ali aparecido a Sagrada Família, o Santuário foi dedicado a Santíssima. Virgem sob a invocação do Desterro, aludindo ao seu desterro no Egipto.

Em pouco tempo este Santuário tornou-se um dos mais célebres e as suas romarias das mais concorridas da Beira-Baixa. Com o produto das esmolas dos fiéis, doações. etc., construiram-se mais nove capelas, duma e outra margem do Alva, representando alguns mistérios do Rosário. O local é dos mais aprazíveis da região, pela sua beleza e quietude natural.

Outras Capelas da Senhora do Desterro
Sra. da Anunciação

Esta Capela nada apresenta de extraordinário. Tem apenas a imagem de Nossa Senhora mergulhada em oração.


Sra. da Apresentação

Três magnificas esculturas adornam esta capela. O Santo Velho Simeão, venerado pela sua idade e pelo seu temor a Deus, sustenta em seus braços o Menino Jesus. Nossa Senhora e S. José, de joelhos.

Na frente de S. José está o cestinho com o par de rolas preceituado pela lei para resgate do primogénito.

Sra. dos Prazeres ou dos Doutores

Ao centro, vê-se a imagem do Menino Jesus discutindo com os doutores da Lei. Em tronos, ao longo da Capela, estão sentados quatro doutores que ouvem estupefactos uma criança de doze anos e admiram tão grande sabedoria nesta idade. Um deles, porem, de livro aberto sobre o joelho, parece estar embebido ao estudo das Escrituras e não prestar atenção às lições de Jesus Menino. O povo dá a este o nome de Doutor Teimoso.

Sra. da Piedade
Representa esta capela a descida da Cruz e Maria com o seu filho morto nos braços, já morto. Era aqui que outrora se armava o Presépio em dia de Natal.

Sra. do Encontro
Ao lado da capela de N. Senhora dos Prazeres, vê-se esta capela, também igualmente cheia de simplicidade, representando o quarto Mistérios doloroso do Rosário - Nosso Senhor caminhando para o calvário debaixo do pesado madeiro e o encontro de Sua Santíssima Mãe nesta via dolorosa. Também não tem altar.

Sra. das Dores
Vulgarmente é chamada do nicho. Por isto se supôe ter sido neste lugar a aparição. Ultimamente ( 1942 ) tem estado abandonada. Foi reparada em 1942 e aberta ao culto em Agosto do mesmo ano, sendo então dedicada a Nossa Senhora das Dores. Tem no interior uma pintura da Verónica. Outrora tinha, num nicho aberto na parede, a imagem de São Roque. Neste mesmo lugar foi colocada a imagem de N. Senhora das Dores.

Sra. da Boa Viagem
No largo da ermida há mais esta capela consagrada à Estrela do Mar. Em 1879 José de Brito Freire de Vasconcelos e sua esposa, vendo-se perdidos no mar, junto da Serra Leoa, suplicaram auxílio a N. Senhora da Boa Viagem, bendita Estrela dos Mares. A sua oração foi atendida e, em reconhecimento de graça tão singular, mandaram levantar aqui uma capela sob a invocação de N. Senhora da Boa Viagem. Além da imagem da sua titular tem mais as de Nossa Senhora de Fátima e Lourdes.

Oração de Jesus no Horto

É cheia de simplicidade. Não tem altar. Tem uma pequena elevação de terreno ao centro e no cimo a imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, de joelhos e olhos fito no céu, dirigindo ao Seu Eterno Pai, no Horto das oliveiras, a Sua Oração: « Pai, se é possivel, afastai de mim este cálice, mas não se faça a minha vontade..» Suspenso do tecto está o Anjo, descrito pelo Evangelista S. Lucas, com o cálice na mão, confortando o Senhor na Sua mortal agonia.

Senhor do Calvário

Finalmente, a uma distancia de 400 metros da Igreja de N. Senhora do Desterro, no alto do monte que domina a vila de São Romão, levanta-se a Capela do Nosso Senhor do Calvário, convidando à meditação do ultimo mistério doloroso do Santo Rosário - a Crucificação. Tem duas imagens: a do Senhor pregado na Cruz e ade Nossa Senhora da Soledade. »


CABEÇA DA VELHA

Do local da capela do Senhor do Calvário, divisa-se um vastíssimo horizonte.

A poucos metros da capela, encontra-se a célebre rocha de puro granito chamada a CABEÇA DA VELHA que todos os turistas admiram, por representar, de facto, as feições duma desdentada velha.


Sem comentários:

Enviar um comentário